21.6.11

"O Jantar das Feras"

SINOPSE
A Catarina divorciou-se, a Bianca também e o Pedro idem. A Catarina e o Pedro são vizinhos. A Bianca e a Catarina são amigas. A Bianca é carente e o Pedro um “furacão”, já a Catarina é uma fera.


A Catarina tem um trauma com Shakespeare. A Bianca não sabe bem o que “isso” é e Pedro conhece-o de cor.

As frustrações, as culpas, as indecisões estão em cima da mesa, o divórcio de cada um e as mágoas que provocaram. As diferentes reacções ao amor e ao que se espera das relações e a posição de cada um nessas mesmas relações: o papel do homem, o papel da mulher.

E se, como diria o grande mestre, “Tudo bem o que bem acaba”, esta peça não é excepção. Bianca gosta de Pedro que tem um plano infalível para que Catarina o ame.

Para a construção de “O Jantar das Feras” partimos da peça “A Fera Amansada” de Shakespeare, actualizamo-lo e tentámos perceber quem seria a Catarina hoje em dia e como funcionaria a mente retorcida de um Petruchio, a quem chamámos Pedro. Um espectáculo muito bem-disposto, divertido e que ao mesmo tempo aborda os temas intemporais do amor, das relações e em especial das conquistas.

Sem comentários: