17.9.12

Reabertura do Espaço Os Infantes

Na próxima sexta feira, dia 21 às 22h, reabrimos as portas d'Os Infantes.

Já temos um telhado novo, as paredes estão quase todas renovadas, as janelas também e nós estamos a pensar mudar de carreira e dedicarmo-nos a tempo inteiro à construção civil.
Até tomarmos a decisão definitiva, vamos apostando na dinamização cultural do espaço e da cidade.

Iniciamos as hostilidades com um duplo concerto no dia 21 às 22h30 com Tim Holehouse e Hell Hound.




Tim Houlehouse (UK)
Folk/Blues

Tim Holehouse começou a sua aventura a solo em 2005 (apesar de ter feito alguns concertos antes, não revelando o seu verdadeiro nome).   Durante 7 anos escreveu músicas apenas para se divertir, canções lentas e sóbrias, e foi daí que mais tarde resultou o seu primeiro álbum, Found Dead On The Shoreline, editado nos EUA e no Reino Unido.  O sucesso do disco rapidamente colocou o músico em destaque e cada vez com mais concertos foi sendo empurrado para uma careira a solo, que não havia planeado.
Desde então nunca mais parou. A sua discografia é extensa, mas a maior paixão do músico é a de tocar ao vivo. Tim Holehouse já percorreu o mundo e está sempre em viagem, motivado pelo prazer de tocar e partilhar a sua música.

“Não faz sentido fazer algo a não ser que se sinta tanta paixão e que estejamos preparados para colocar o coração e a alma em fazê-lo”
                                                                               Tim Holehouse



Hell Hound (Portugal)
Folk/Blues

Hell Hound é o alter-ego do Sonic Reverends, Diogo Augusto. Da Marinha Grande para o Mississippi, com apenas a guitarra acústica, a harmónica e o banjo, Hell Hound move-se entre os blues, o folk e o bluegrass. Lançado o primeiro disco em 2010 pela Experimentáculo Records, "21st Century White Mississippi Blues", Hell Hound prepara-se para lançar o segundo disco.

Sem comentários: